15/11/2020 às 22h09min - Atualizada em 15/11/2020 às 22h09min

Chicão é eleito prefeito de Piranhas

Candidato do Solidariedade, que tem Nilsimar Gomes (MDB) como vice, obteve 36,29% dos votos válidos

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Divulgação/Assessoria)
Com 2552 votos, Marco Rogério, o Chicão, do Solidariedade, foi eleito, neste domingo (15/11), prefeito de Piranhas para os próximos quatro anos. O candidato, que tem como vice Nilsimar Gomes (MDB), obteve 36,29% dos votos válidos, derrotando Fábio Lasserre (PSL), que recebeu 2376 votos (33,79%), e Eric Silveira (Progressistas), que ficou em terceiro lugar com 1993 votos (28,34%). Américo Babosa (PSDB) terminou na quarta colocação ao ter o voto de 111 eleitores (1,58%).
 
Em Piranhas, 1.848 eleitores não compareceram às urnas, o que representa uma abstenção de 20,18%. Ainda foram registrados 63 votos brancos (0,86%) e 213 votos nulos (2,91%).
 
Chicão se elegeu pela Coligação Juntos Por Piranhas que, além de Solidariedade e MDB, teve em sua composição o PDT.
 


O prefeito Eleito

 
Marco Rogério Cândido Leite, o Chicão, tem 33 anos e é natural do município de Piranhas. Casado com Maisa Lelis, é pai de João Pedro e Gabriel Bernardo.
 
Graduado em Administração e Gestão Pública e Privada e, atualmente, mobilizador de cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás) junto ao Sindicato Rural de Piranhas, o agora prefeito eleito teve o seu primeiro emprego em uma mercearia, onde foi entregador. Após isso e com vários cursos no currículo, ele atuou por cerca de 12 anos como instrutor de trânsito em Centros de Formação de Condutores (CFC’s) e, como resultado de seu trabalho, adquiriu o seu próprio.
 
Chicão entrou na vida pública em 2014, quando foi convidado para assumir o posto de superintendente de Recursos Humanos (RH) da Prefeitura de Piranhas. Depois disso, ainda no serviço público, atuou como coordenador do setor de limpeza pública municipal e na chefia da Superintendência de Agricultura e Obras.
 
Em 2016, Chicão se candidatou ao cargo de vereador pelo PTB e, com 257 votos, ficou como suplente.
 
Segundo o TSE, Chicão tem um patrimônio declarado de R$1.175.000,00.
 
De acordo o calendário eleitoral, a diplomação dos futuros prefeito e vice-prefeito de Piranhas deve ocorrer entre os dias 15 e 18 de dezembro – o juiz eleitoral irá definir a data. A posse acontece no dia 1º de janeiro.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp