20/11/2020 às 16h47min - Atualizada em 20/11/2020 às 16h47min

Certidão do Tribunal de Justiça confirma que vereador Fernando Lizardo foi absolvido de acusações contidas em áudio

O Tribuna Piranhense teve acesso ao documento expedido pela 2ª Câmara Criminal do TJ-GO no último dia 23 de setembro

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Divulgação/Assessoria)
O Tribuna Piranhense teve acesso a certidão narrativa (veja abaixo) que atesta a absolvição do vereador reeleito por Piranhas, Fernando Lizardo (Progressistas), em um processo onde ele responde acusações de estupro feitas em 2017. A terceira turma da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) reconheceu e deu provimento a um recurso de apelação em novembro de 2019, absolvendo o parlamentar.
 
O processo que tramita em segredo de justiça passou a fazer parte do debate público após a divulgação de um áudio na última segunda-feira (16/11), onde uma pessoa questiona a aprovação da candidatura de Fernando Lizardo ao cargo de vereador e o fato dele ter sido reeleito mesmo estando condenado por um suposto crime de estupro.

Saiba mais:

Após áudio com acusações criminais, defesa de Fernando Lizardo afirma que Justiça inocentou vereador em 2019


Após a publicação da mídia que viralizou em grupos do aplicativo WhatsApp, a defesa de Lizardo divulgou uma nota explicativa informando que ele foi acusado, mas que o TJ-GO o declarou inocente no mês de novembro de 2019, lhe garantindo todos os direitos políticos.
 
Veja abaixo a certidão narrativa expedida no dia 23 de setembro de 2020 pela 2ª Câmara Criminal do TJ-GO (ou clique aqui). Note que, pelo processo tramitar em segredo de justiça, alguns dados precisaram ser omitidos.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp