17/12/2020 às 20h55min - Atualizada em 17/12/2020 às 20h55min

Em Piranhas, governos Federal, de Goiás e de Mato Grosso lançam Programa Águas Brasileiras e projeto demonstrativo do Juntos Pelo Araguaia

Evento acontecerá nesta sexta-feira (18) e contará com as presenças dos governadores Ronaldo Caiado e Mauro Mendes e do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho

Tribuna Piranhense - com informações da Secom
Jotta Oliveira
Os governos Federal e dos Estados de Goiás e Mato Grosso lançam, nesta sexta-feira (18/12), às 9h, no município de Piranhas, o programa Águas Brasileiras e o projeto demonstrativo do programa Juntos Pelo Araguaia. A iniciativa visa ampliar a quantidade e a qualidade da água disponível para consumo e para o setor produtivo, de forma a fomentar o desenvolvimento regional e garantir mais qualidade de vida para a população. O lançamento contará com as presenças dos governadores de Goiás, Ronaldo Caiado e de Mato Grosso, Mauro Mendes, e do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.
 
O programa Águas Brasileiras é uma ação de iniciativa do Governo Federal que conta com a participação dos ministérios do Desenvolvimento Regional (MDR), da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), do Meio Ambiente (MMA), da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Controladoria Geral da União (CGU), em parceria com estados e municípios.
 
O lançamento do programa se dará em duas etapas. Em Piranhas, na parte da manhã, será anunciado acordo de cooperação técnica entre os ministérios participantes da iniciativa para a criação da Plataforma Águas Brasileiras, que tem previsão de lançamento para julho de 2021. A ferramenta digital fará a conexão entre projetos para revitalização de bacias hidrográficas e organizações e empresas que desejem apoiar essas iniciativas. A outra parte da solenidade ocorrerá no período da tarde, em Diamantina (MG).
 
O Águas Brasileiras busca alavancar iniciativas de recuperação de áreas degradadas com o uso de tecnologias avançadas, em parceria com o setor produtivo. Também visa consolidar e recuperar Áreas de Preservação Permanentes (APPs), avançar nos mecanismos de conversão de multas ambientais e pagamentos por serviços ambientais e aprimorar medidas de gestão e governança que garantam segurança hídrica em todo o País.
 
Juntos pelo Araguaia
 
Também em Piranhas, o MDR irá entregar aos Governos de Goiás e Mato Grosso os projetos executivos do Projeto Juntos pelo Araguaia, que visa recuperar 10 mil hectares na região do Alto Araguaia. A iniciativa foi lançada em junho de 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro e pelos governadores Ronaldo Caiado e Mauro Mendes.
 
Dentro da programação desta sexta-feira ainda será anunciada a criação do Centro de Desenvolvimento Florestal e Estudos do Cerrado, que ficará localizado na Rua Plínio Gayer, no Setor Sudoeste, área da antiga Praia do Val, em Piranhas. Também serão iniciadas as intervenções em propriedades rurais, na totalidade de 100 hectares nessa primeira etapa.
 
No total, serão 150 mil mudas plantadas nessa área inicial do projeto demonstrativo. A empresa Anglo American financiará essa etapa, com um investimento de R$ 7 milhões. A execução será feita pelo Instituto Espinhaço, em parceria com o governo do Estado de Goiás, por meio da Secretaria de Meio Ambiente.
 
Também no evento, o governador Ronaldo Caiado assinará o decreto de criação dos selos do ‘Juntos pelo Araguaia’, com o objetivo de reconhecer os parceiros do maior programa de revitalização de bacias hidrográficas do Brasil.

Veja a programação em Piranhas:

9h –
Lançamento do Programa Águas Brasileiras e da pedra fundamental do Centro de Desenvolvimento Florestal e Estudos do Cerrado, marcando o início da execução do projeto Juntos pelo Araguaia
Local: Área de implantação do Centro de Desenvolvimento Florestal, na Rua Plinio Gayer, no Setor Sudoeste, área da antiga Praia do Val

11h – Recomposição da vegetação nativa do bioma Cerrado no âmbito do Projeto Juntos pelo Araguaia
Local: Fazenda Buriti Alto


 
O Centro de Desenvolvimento Florestal e Estudos do Cerrado


 
O Centro de Desenvolvimento Florestal e Estudos do Cerrado surgirá de um acordo de cooperação entre o Instituto Espinhaço – idealizador do projeto – e a Prefeitura Municipal de Piranhas. O ato foi assinado no dia 21 de setembro deste ano e, com a obra já em andamento, a expectativa é a de a estrutura esteja pronta já no 1º semestre de 2021.
 
De acordo com o prefeito Eric Silveira, o evento desta sexta-feira será um marco para Piranhas. “Após a instalação do Centro, Piranhas se tornará uma vitrine de oportunidades, atraindo investidores, alavancando a economia local e, também, fomentando o desenvolvimento técnico-científico”, disse.
 
“Me sinto honrado de ter participado ativamente no processo de trazer a nova edificação do Programa para cá. A nossa cidade merece esse reconhecimento”, celebra Eric Silveira.
 
O prefeito eleito que irá comandar o Executivo piranhense a partir de 2021, Marco Rogério, o Chicão, também se mostrou entusiasmado com a novidade e, durante reunião realizada com o diretor do Instituto Espinhaço em novembro, assegurou que dará toda atenção ao projeto.
 
“Tenho total interesse em dar andamento a este projeto. Piranhas se tornará uma referência”, afirmou Chicão.
 
Serviço:
Lançamento do Programa Águas Brasileiras e projeto demonstrativo do Juntos Pelo Araguaia, em Piranhas
Quando: Sexta-feira (18/12), às 9h
Onde: Área de Implantação do Centro de Desenvolvimento Florestal Sustentável, na Rua Plínio Gayer, no Setor Sudoeste, área da antiga Praia do Val, em Piranhas
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp