18/12/2020 às 00h17min - Atualizada em 18/12/2020 às 00h17min

Juiz reúne eleitos em Arenópolis, Palestina de Goiás e Piranhas e fala sobre importância de cargos do Executivo e Legislativo

Na reunião realizada nesta quinta-feira (17) foram entregues diplomas para candidatos eleitos e suplentes

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Candidatos eleitos em Piranhas nas eleições deste ano (Foto: Jotta Oliveira/Tribuna Piranhense)
Com o intuito de conhecer e ter um diálogo com os candidatos eleitos nas eleições municipais deste ano em Arenópolis, Palestina de Goiás e Piranhas, o juiz da 102ª Zona Eleitoral, Jesus Rodrigues Camargos, realizou uma reunião na tarde desta quinta-feira (17/12), na sala do júri do Fórum da Comarca de Piranhas. Na oportunidade, o magistrado também fez a entrega dos diplomas dos vencedores e daqueles que ficaram como primeiro suplente de cada partido no pleito de 2020 já que, devido à pandemia do novo coronavírus, não foi possível realizar a cerimônia de diplomação.
 
O evento foi restrito aos eleitos e suplentes, com algumas exceções para familiares próximos como pais, filhos e cônjuges. Para evitar grande aglomeração, Jesus Rodrigues Camargos falou com os participantes de cada município em momentos distintos, começando pelos de Arenópolis, depois Palestina de Goiás e Piranhas, conforme ordem alfabética.
 
Antes da entrega dos diplomas, o juiz eleitoral iniciou sua fala desejando sucesso para todos aqueles que irão assumir cadeiras nos poderes Legislativo e Executivo. Jesus Rodrigues Camargos citou ainda a importância dos cargos públicos que os vitoriosos nas eleições vão assumir a partir de janeiro de 2021.
 
Falando sobre a função de vereador, o juiz disse que ela é tão ou mais importante que a do prefeito, pois são os parlamentares que representam a comunidade.
 
“É o vereador que direciona o caminho que o prefeito tem que tomar, pois é ele que elabora e aprova as leis do município. Então, se você tem um Legislativo bom, que fiscaliza, vota e aprova bons projetos, a tendência da comunidade é seguir bem. Por outro lado, se você tem um Legislativo que não ajuda, você, dificilmente, terá um bom prefeito”, afirmou o magistrado.
 
Se dirigindo aos eleitos para o Executivo, Jesus lembrou da obrigação de se governar respeitando as leis e a harmonia entre os poderes. “É uma nova empreitada e uma nova etapa que se inicia, talvez, mais difícil que a etapa da campanha. Eu espero que os eleitos tenham o desejo e a sabedoria para escolher os melhores caminhos para conduzir a comunidade”, ressaltou.
 
Arenópolis


 
Do município de Arenópolis, estiveram presentes e receberam seus diplomas o prefeito eleito Delmiro Cano (Podemos) e sua vice Helisania Maria De Sousa (PTB). Os diplomados para o Legislativo foram: Vininho do Mané Mecanico, Antonio Borges, Devailton Gonçalves, Valdeir Alves e Valdeci Araujo, ambos do Podemos; Clodoveu Roma, Laiane Enfermeira e João da Olinta, do PSC; e Jader do Quirinão, do Democratas.
 
Palestina de Goiás


 
Eduardo Talvani de Lima Couto (PSC) e Altenias Gonçalves de Sousa receberão seus diplomas das mãos do juiz Jesus Rodrigues Camargos e estão aptos para assumir como prefeito e vice-prefeito de Palestina de Goiás a partir do próximo ano, respectivamente. Para a próxima legislatura palestinense foram diplomados: Divanzim, Manelzinho, Joãozinho da Carmelita e Junião do Jacarandá, do PSDB; Marquinho da Manoela, Bacatela e Oziel do Abiçai, do PSC; e Karla Morais e Pombinho, do Democratas.
 
Piranhas


 
Próximos chefes do Executivo piranhense, o prefeito eleito Marco Rogério, o Chicão (Solidariedade), e seu vice Nilsimar Gomes (MDB) também foram diplomados ao lado dos pertencentes à próxima legislatura da Câmara Municipal de Piranhas: Uerlei da Silva Neves (Lei), Silas Messias e Fernando Lizardo, do Progressistas; Nilson Gomes, do MDB; Claudimir Apolinário dos Santos (Coró do Rancho), do Democratas; Suelter Helrighel Leite (Suelter do Orlando) e Cleomar Vieira dos Santos (Cleomar Contador), do Solidariedade; e Nilzo Ferreira Lopes (Sula), do Republicanos. Adriely Cristina Ribeiro Santos (PSL) não compareceu e poderá ter acesso ao seu diploma em outro momento.

A Constituição Federal estabelece que a posse de todos os eleitos deve acontecer no dia 1º de janeiro do ano subsequente ao da eleição.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp