02/01/2021 às 17h38min - Atualizada em 02/01/2021 às 17h38min

Em Piranhas, prefeito, vice e vereadores tomam posse

Marco Rogério, o Chicão, disse que seu governo será para todos e feito com respeito ao bem público. Falando em nome do Legislativo, vereadora Adriely Cristina afirmou que é hora de esquecer siglas partidárias e trabalhar para o povo

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Da esquerda para a direita, vice-prefeito Nilsimar Gomes e sua esposa Patrícia Vilela Teles, e prefeito Marco Rogério, o Chicão, e sua esposa Maísa Lelis Nascimento (Foto: Maíza Santos/Tribuna Piranhense)
O prefeito Marco Rogério, o Chicão (Solidariedade), o vice Nilsimar Gomes (MDB) e os 9 vereadores eleitos nas eleições de 2020, em Piranhas, foram empossados em seus respectivos cargos durante a manhã desta sexta-feira (1º/01), em cerimônia realizada no Salão Comunitário da Igreja Católica. Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, o evento foi aberto ao público em geral e contou com a presença de dezenas de pessoas e, entre elas, estiveram ex-prefeitos, ex-vereadores, membros do Ministério Público e do Poder Judiciário, e lideranças políticas e sociais.
 
Visando a segurança sanitária dos presentes, a organização do ato solene exigiu o uso de máscara, tendo, inclusive, disponibilizado peças no local para aqueles que chegassem sem. Além disso, álcool em gel foi deixado à disposição para a higienização das mãos. A Vigilância Sanitária Municipal compareceu para aferir a temperatura corporal de todos e para garantir o cumprimento das medidas de combate à disseminação do vírus causador da covid-19.


 
Antes dos atos de posse dos eleitos, representantes das comunidades Católica e Evangélica promoveram um momento devocional. Um deles foi o pároco da Paróquia Santo Antônio, de Piranhas, padre Manoel Rejane Viana, que presenteou o novo prefeito piranhense com uma Bíblia Sagrada e desejou que a palavra de Deus guie todas as decisões dos novos ocupantes das cadeiras do Legislativo e Executivo.
 
“Aos novos gestores, desejo que a oração do Pai Nosso seja fonte de inspiração nas decisões a serem tomadas (...) os meus votos de um feliz e Santo trabalho”, disse padre Manoel.
 
Convidado para falar em nome dos evangélicos, o pastor Ademir Teodoro Gonçalves afirmou que as igrejas de todas as denominações continuarão dedicando momentos de oração para interceder pelos membros da administração pública de Piranhas.



 
“Os senhores e senhora foram eleitos ou reeleitos para fazer o bem para a sociedade. Administrar o dinheiro público é algo sério e que exige grande responsabilidade, mas acredito que todos são capacitados e, aqueles que não são, buscarão de Deus e ele dará a capacidade para administrar e fazer o melhor pela nossa sociedade”, manifestou, Ademir.

A posse
 
De acordo com o que estabelece a Lei Orgânica do Município de Piranhas, quem dá posse aos chefes do Poder Executivo é a Câmara Municipal de Vereadores e, por isso, os primeiros que receberam os seus cargos foram os parlamentares durante sessão presidida pelo eleito mais idoso que, neste caso, é Suelter Helrighel Leite (Suelter do Orlando). Foram empossados: Uerlei da Silva Neves (Lei), Silas Messias do Nascimento (Irmão Silas) e Fernando Lizado, ambos do Progressistas; Suelter Helrighel Leite (Suelter do Orlando) e Cleomar Vieira dos Santos (Cleomar Contador), do Solidariedade; Adriely Cristina Ribeiro Santos, do PSL; Claudimir Apolinário dos Santos (Coró do Rancho), do Democratas; Nilzo Ferreira Lopes (Sula), do Republicanos; e Nilson Gomes de Sousa (Nilsin do Õnibus), do MDB.


 
Falando em nome de todos os parlamentares, a vereadora Adriely Cristina desejou sorte ao novo Governo Municipal e lembrou que, a partir de agora, deve-se esquecer siglas partidárias e trabalhar pelo povo. Ela também ressaltou o fato de ser a primeira mulher eleita em Piranhas depois de quase duas décadas.
 
“Há 16 anos, a Câmara não contava com uma representante mulher. Sinto-me honrada e lisonjeada por este mérito confiado por nossa população. Que possamos, cada vez mais, depositar a nossa confiança nas mulheres, para que possamos, unidas, almejar e inspirar novas mulheres para ingressar nesta luta, para bem representarmos, não somente nossa classe, mas a sociedade de modo geral”, declarou.
 
Após a instalação desta que é a 16ª Legislatura do município de Piranhas, foram empossados o prefeito Marco Rogério (Chicão) e o vice Nilsimar Gomes.
 
Em seu primeiro discurso como vice-prefeito, Nilsimar agradeceu ao grupo que fez parte da campanha vitoriosa de 2020 e declarou que “vai suar a camisa” para ajudar o prefeito na missão de resgatar o brilho e a alegria do município de Piranhas.
 
“Agora é hora de ação. É hora de arregaçar as mangas e colocar o discurso em prática. É hora de trabalhar duro. É hora de tornar os nossos sonhos possíveis (...). Não posso e não vou decepcionar essas pessoas. Sei que o desafio é grande, mas é preciso voltar a sonhar (...). Serei um vice-prefeito comprometido, que vai suar a camisa sim e que vai fazer tudo que for possível, sem comprometer o nosso gestor”,  enfatizou, emocionado, Nilsimar Gomes.


 
Ao falar para as dezenas de pessoas presentes no Salão Comunitário da Igreja Católica, Chicão se referiu à sua vitória nas urnas e disse que ela é uma demonstração de que “um jovem simples pode, sim, alcançar postos importantes em qualquer área da camada social”.
 
Segundo Chicão, a sua gestão à frente da Prefeitura Municipal será cheia de desafios que o motivam e inspiraram a trabalhar para colocar Piranhas no caminho do desenvolvimento. “Piranhas tem pontos estratégicos geograficamente e recursos naturais. Tem um povo honrado, trabalhador, acolhedor, hospitaleiro e sonhador como eu, que sonha em colocar a nossa cidade entre as mais brilhantes da constelação do Oeste Goiano”, expos.
 
O comandante do Executivo piranhense pelos próximos quatro anos comentou ainda que tem sonhos que quer concretizá-los durante o seu tempo de governo, através de uma gestão para todos, feita com responsabilidade e respeito com o bem público, focando em ações nas áreas mais sensíveis para a comunidade e priorizando as camadas mais vulneráveis da sociedade.
 
“Ao assumir esse mandato de prefeito, assumo também o compromisso de fazer tudo que estiver ao meu alcance para tornar a cidade de Piranhas cada ano melhor que o outro, ouvindo a nossa comunidade, andando na zona rural, pelas igrejas, convivendo democraticamente com as autoridades civis, militares, com o nosso Legislativo, sentindo o anseio dos nossos colaboradores na Educação, na Saúde, na Infraestrutura, na Limpeza Urbana (...). Hoje, prefeito de todos – das crianças, pais, mães, avós e do povo humilde da nossa maravilhosa Piranhas –, oro, rogo e peço a todos que somem comigo em orações para que Deus nos dê sabedoria, inteligência para governar à luz da justiça dele, sem vaidades, mas com olhar e ação para o bem comum” pontuou Chicão que, após a posse, juntamente com seu vice Nilsimar, recebeu a faixa de prefeito e as chaves do Centro Administrativo Orlando Leite Ferreira (Sede da Prefeitura Municipal).


 
Ao final da cerimônia de posse, Chicão anunciou os nomes dos que comandarão as seis secretárias municipais do seu governo:
 
Administração e Gestão: João Paulo de Sousa Morais
Desenvolvimento Social: Primeira-dama Maísa Lelis Nascimento
Educação: Leidyane Ferreira Magalhães
Fazenda: Juliano Oliveira Silva
Meio Ambiente: Dilvaneide Silva dos Santos
Saúde: Kenivania Santana da Silva
 
O prefeito
 
Marco Rogério Cândido Leite, o Chicão, tem 33 anos e é natural do município de Piranhas. Casado com Maisa Lelis, é pai de João Pedro e Gabriel Bernardo.
 
Graduado em Administração e Gestão Pública e Privada, o novo prefeito de Piranhas teve o seu primeiro emprego em uma mercearia, onde foi entregador. Após isso e com vários cursos no currículo, ele atuou por cerca de 12 anos como instrutor de trânsito em Centros de Formação de Condutores (CFC’s) e, como resultado de seu trabalho, adquiriu o seu próprio.
 
Chicão entrou na vida pública em 2014, quando foi convidado para assumir o posto de superintendente de Recursos Humanos (RH) da Prefeitura de Piranhas. Depois disso, ainda no serviço público, atuou como coordenador do setor de limpeza pública municipal e na chefia da Superintendência de Agricultura e Obras.
 
Até 2020, antes de se candidatar ao cargo de prefeito, Chicão foi mobilizador de cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Goiás (Senar Goiás) junto ao Sindicato Rural de Piranhas.
 
Em 2016, Chicão se candidatou ao cargo de vereador pelo PTB e, com 257 votos, ficou como suplente.
 
 Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Chicão tem um patrimônio declarado de R$1.175.000,00.
 
O vice
 
Nilsimar Gomes de Sousa Xavier tem 32 anos, é casado com Patrícia Vilela Teles e pai de duas filhas.
 
Formado em enfermagem, Nilsimar é servidor público municipal efetivo desde 2012 e, neste período, atuou sempre no Hospital Municipal Cristo Redentor, inclusive, entre outros cargos, como diretor da unidade de saúde durante o governo do ex-prefeito André Ariza (Progressistas).
 
Antes de se candidatar e ser eleito como vice-prefeito, Nilsimar Gomes havia pleiteado uma vaga na Câmara Municipal de Vereadores de Piranhas em 2016, quando obteve 376 votos que não foram suficientes para elegê-lo.
 
O patrimônio declarado por Nilsimar ao TSE é de R$ 95.000,00.

Veja fotos da cerimônia de posse na galeria abaixo.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp