07/04/2021 às 19h55min - Atualizada em 07/04/2021 às 19h55min

Hospital Municipal de Piranhas passa a usar capacete Elmo no tratamento de pacientes com Covid-19

Aparelho desenvolvido no Ceará pode diminuir em até 60% a necessidade de intubação e internações em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Dois capacetes Elmo chegaram ao Hospital Municipal de Piranhas (Foto: Divulgação/DCPP)
O Hospital Municipal Cristo Redentor (HMCR), em Piranhas, passará a usar o capacete Elmo no tratamento de pacientes com Covid-19. A unidade de Saúde recebeu, na manhã desta quarta-feira (7/04), duas unidades do equipamento que, segundo testes clínicos, diminui a necessidade de internações em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de intubação de pacientes em até 60%.
 
O Elmo – um mecanismo de respiração artificial não invasivo – foi criado por pesquisadores da da Escola de Saúde Pública (ESP) do Ceará. O equipamento, que pode ser esterilizado e reutilizado, envolve toda a cabeça do paciente e é fixado no pescoço em uma base que veda a passagem de ar. Com a aplicação de oxigênio e ar comprimido, é gerada uma pressão positiva (em relação à pressão atmosférica) que ajuda o doente com dificuldade de oxigenação.
 
Segundo o responsável técnico da equipe de enfermagem do HMCR, Sebastião Antônio Rodrigues Neto, os capacetes Elmo podem diminuir os riscos de morte dos acometidos pela doença causada pelo novo coronavírus.
 
“Nos procedimentos de intubação é preciso sedar o paciente e, com o uso do capacete, melhora-se a saturação sem a necessidade de intubar. A pessoa fica acordada, bem mais confortável, com um método bem eficaz”, explica o enfermeiro Sebastião Neto.


 
Covid-19 em Piranhas
 
Em boletim epidemiológico divulgado na terça-feira (6/04), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Piranhas informou que há 937 casos confirmados de contágio pelo novo coronavírus no território piranhense e que, destes, 75 pessoas estão isoladas em suas respectivas residências se recuperando da Covid-19 e 12 seguem hospitalizadas se recuperando da doença.
 
Dos contaminados pelo novo coronavírus em Piranhas, 845 já se recuperaram da Covid-19 e 48 morreram devido às complicações causadas pela enfermidade.
 
Ainda de acordo com a SMS, Piranhas tem 39 casos suspeitos sob investigação aguardando resultados de exames. 82 pessoas são monitoradas sem coleta de exames, porém, com apresentação de quadro gripal.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp