13/04/2021 às 11h56min - Atualizada em 13/04/2021 às 11h56min

Covid-19: Piranhas ultrapassa 1 mil casos confirmados e chega a 53 mortos pela doença

Município tem 83 casos ativos e 16 suspeitos. 10 pessoas seguem hospitalizadas

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)
Piranhas ultrapassou a marca de 1 mil casos confirmados de contágio pelo novo coronavírus nesta terça-feira (13/04). Segundo o balanço divulgado pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o município chegou a 1.017 pessoas infectadas pelo vírus causador da Covid-19 e que, destas, 53 foram a óbito por complicações provocadas pela doença.
 
Conforme os dados consolidados pela SMS, existem, atualmente, 83 casos ativos de Covid-19 em Piranhas – que é quando o paciente não se recuperou da doença e continua sendo um potencial transmissor do vírus. ​ Destes, 10 evoluíram para a necessidade de internação e outros 73 indivíduos estão isoladas em suas residências se recuperando.
 
Desde o início da pandemia, 881 moradores do território piranhense já foram curados após serem acometidos pela Covid-19.
  
A Secretaria Municipal de Saúde aponta também que Piranhas tem 16 casos suspeitos sob investigação aguardando resultados de exames.  28 pessoas são monitoradas sem coleta de exames, porém, com apresentação de quadro gripal.
 
Letalidade do vírus
 
Com base no número de casos de contágio pelo novo coronavírus e os óbitos confirmados por consequência da Covid-19 em Piranhas, chega-se a taxa de letalidade do vírus de 5,21%., mais que o dobro das registradas no Estado de Goiás (2,54%) e no Brasil (2,6%).
 
Vacinação em Piranhas
 
Até a manhã desta terça-feira (13/04), Piranhas já havia aplicado primeiras doses de vacinas contra a Covid-19 em 1.386 pessoas. O número representa 12,30% da população.
 
A segunda dose já foi aplicada em 474 pessoas (4,20% da população do município).
 
No total, 1.860 doses de imunizantes contra o novo coronavírus já foram aplicados. Os dados são da plataforma Localiza SUS, do Ministério da Saúde.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp