14/05/2021 às 11h44min - Atualizada em 14/05/2021 às 11h44min

Goiás recebe remessa com 131.850 doses de vacinas contra Covid-19

Carregamento chegou em Goiânia na madrugada desta sexta-feira (14). São 69.600 unidades da CoronaVac e 62.250 da Oxford/AstraZeneca que serão destinadas para aplicação da segunda dose

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: André Saddi)
Chegou em Goiânia, na madrugada desta sexta-feira (14/05), mais um carregamento com 131.850 vacinas contra a Covid-19. A remessa é composta de 69.600 doses da CoronaVac e 62.250 da Oxford/AstraZeneca, que chegaram ao Aeroporto Internacional de Goiânia e de lá foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio, da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO).
 
Com esse novo carregamento, a 20ª remessa até então, Goiás atinge a marca de 2.401.120 de doses já recebidas desde o início da campanha, em janeiro deste ano. Imediatamente após conferência da quantidade de imunizantes enviada pelo Ministério da Saúde, o Estado iniciou a distribuição das vacinas para todas as 18 Regionais de Saúde. Depois desta etapa, os imunobiológicos serão repassados aos 246 municípios para que as prefeituras continuem com a execução da campanha em seus territórios.
 
Conforme orientação do Ministério da Saúde, os imunobiológicos serão utilizados, em sua integralidade, para aplicação da segunda dose. As vacinas da Oxford/AstraZeneca serão reservadas para aplicação do reforço em pessoas imunizadas.
 
Já os imunizantes do Butantan serão usados para possível ajuste do esquema vacinal de pessoas que ainda não receberam a segunda dose em alguns municípios e, naquelas localidades em que a situação da CoronaVac para reforço está regular, será permitido utilizar os imunobiológicos para avanço na campanha de vacinação. Neste sentido, os gestores municipais deverão reservar as duas doses, garantindo que o cronograma de imunização dos cidadãos seja completo.
 
Com o avanço da vacinação, o Estado está em “queda sustentada” nos indicadores da pandemia do novo coronavírus, com o número de internações nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em redução há mais de 40 dias. “A aplicação das vacinas avançou e temos números sensíveis que mostram diminuição das internações das pessoas idosas e dos trabalhadores da saúde”, disse o secretário de Estado da Saúde Goiás, Ismael Alexandrino.
 
Segundo levantamento da Secretaria de Estado da Saúde, até a tarde de ontem (13/05), foram aplicadas 1.104.663 unidades como primeira dose. Outras 557.580 vacinas foram para a segunda dose. Com isso, o Estado ultrapassa 1.662.243 aplicações dos imunobiológicos. Até o momento, a maioria das vacinas recebidas pelo Estado são da CoronaVac, fabricadas pelo Instituto Butantan, que somam 1.317.530 doses. Em seguida vem a Oxford/AstraZeneca, com 1.028.600 imunizantes, e por fim a Pfizer, que segue com 54.990.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp