26/05/2021 às 11h04min - Atualizada em 26/05/2021 às 11h04min

Piranhas teve aumento de 33,33% no número de casos ativos de Covid-19 nos últimos 15 dias

Quantidade de hospitalizados devido às complicações da doença mais que dobrou

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Hospital Municipal de Piranhas (Foto: Reprodução)
Nos últimos 15 dias, Piranhas tem registrado constantes aumentos no número de casos ativos de Covid-19 – que é quando o paciente ainda não recuperou da doença e permanece como um potencial transmissor do coronavírus. De acordo com um novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta terça-feira (25/05), o município tem 120 pessoas se recuperando, sendo 110 em isolamento domiciliar e 10 hospitalizadas.
 
Conforme informações consolidadas pela SMS, o número de casos ativos de Covid-19 se mantém acima de 100 desde 14 de maio, o que é considerado pela pasta como uma situação preocupante. Em 15 dias, a quantidade de moradores do território piranhenses sendo tratados da doença provocada pelo coronavírus subiu de 90 (no dia 10 de maio) para os atuais 120, representando um aumento de 33,33%.
 
Em relação a necessidade de internações devido a Covid-19, houve um aumento de 150% na última quinzena – em 10 de maio eram 4 hospitalizados e, agora, são 10.
 
Outro dado trazido pela Secretaria Municipal de Saúde revela o primeiro registro de um novo óbito provocado pelo coronavírus em 15 dias. Com isso, Piranhas chegou a 62 mortes por Covid-19, sendo 38 somente em 2021.
 
Além dos casos ativos de Covid-19, Piranhas tem mais 1.083 contágios pelo coronavírus confirmados desde o início da pandemia, porém, destes, todos os pacientes já estão curados.
 
Somando o número de recuperados, ainda em recuperação e óbitos, Piranhas chegou a 1.265 casos de Covid-19.
 
A Secretaria Municipal de Saúde aponta também que Piranhas tem 31 casos suspeitos sob investigação aguardando resultados de exames. 54 pessoas são monitoradas sem coleta de exames, porém, com apresentação de quadro gripal.
 
Letalidade do vírus
 
Com base no número de casos de contágio pelo novo coronavírus e os óbitos confirmados por consequência da Covid-19 em Piranhas, chega-se a taxa de letalidade do vírus de 4,9%, acima da registrada no Estado de Goiás (2,7%) e no Brasil (2,8%).

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp