26/05/2021 às 11h58min - Atualizada em 26/05/2021 às 11h58min

Goiás recebe novo lote com 189 mil doses de vacinas contra a Covid-19 para aplicação de 1ª dose

Com mais esse carregamento, Estado se aproxima da marca de quase 3 milhões de doses disponibilizadas via Plano Nacional de Imunização

Tribuna Piranhense - com informações da Secretaria de Comunicação do Governo de Goiás
Jotta Oliveira
(Fotos: André Saddi)
Goiás recebeu, na madrugada desta quarta-feira (26/05), mais um lote de vacinas contra a Covid-19. São 189 mil unidades da Oxford/AstraZeneca, produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que serão utilizadas para aplicação da primeira dose em todo o Estado.
 
O desembarque do novo lote ocorreu no Aeroporto Internacional Santa Genoveva, pouco depois da meia-noite. De lá, as doses seguiram para a Central Estadual de Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO).
 
Após conferência na Central Estadual de Rede de Frio, os imunizantes serão distribuídos, ainda na manhã desta quarta-feira, para todas as 18 Regionais de Saúde. Na sequência, as doses chegarão aos 246 municípios goianos para a continuidade da campanha prevista pelo Plano Nacional de Imunização (PNI).
 
O novo lote servirá para reforçar a estratégia de vacinação em todos os 246 municípios goianos, que neste momento imunizam pessoas com comorbidades, moradores com deficiência permanente e, em determinados municípios, profissionais da educação.
 
O secretário de Estado da Saúde Goiás, Ismael Alexandrino, considera que há “soluços nas entregas de vacinas no Brasil” e destaca o esforço do Governo de Goiás em garantir uma campanha ágil. “A nossa preocupação é avançarmos o máximo possível na imunização”, frisa.
 
Ismael ainda faz um alerta que a vacinação é importante, mas o comportamento da população é fundamental para evitar a propagação do vírus. “Não podemos pensar que a pandemia acabou”, destaca.
 
O secretário reforça que o Re, indicador que mede a velocidade de contágio pelo coronavírus no Estado, ainda não apresenta uma melhora significativa e tem crescido. “O momento é de atenção. O número de casos voltou a aumentar, assim como a procura em nossas unidades de saúde. Consequentemente, a taxa de ocupação hospitalar também apresenta um acréscimo. Somente no HCamp de Goiânia, saímos de 82% para 94% de leitos ocupados”, destaca Ismael.
 
Vacinação
 
Ao computar as vacinas de todos os fabricantes, como CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e a Pfizer, esta é a 25ª remessa encaminhada pelo Ministério da Saúde ao Estado. Com mais esse carregamento, Goiás se aproxima da marca de quase 3 milhões de imunobiológicos recebidos, com 2.841.280 doses contra o coronavírus.
 
Do total de imunizantes recebidos até o momento, conforme levantamento preliminar da Secretaria de Estado de Saúde (SES-GO), foram aplicados 1.317.944 referentes à primeira dose em todo o Estado e 621.756 como reforço. Os dados são coletados diariamente no site Localiza SUS, do Ministério da Saúde.
 
Com o novo carregamento da Oxford/AstraZeneca, a maioria das vacinas recebidas pelo Estado passa a ser desse imunizante, produzido pela Fundação Fiocruz. São 1.413.700 doses encaminhadas ao Estado. Em seguida vem a CoronaVac, do Instituto Butantan, com 1.351.530. E, por fim, a Pfizer, com 76.050 imunobiológicos.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp