15/07/2021 às 09h37min - Atualizada em 15/07/2021 às 09h37min

Vacinação contra a gripe é prorrogada em Piranhas e população em geral a partir de 6 meses de idade pode se vacinar

Secretaria Municipal de Saúde informou que campanha prosseguirá enquanto houver doses de vacinas. Imunização está acontecendo no ESF 1, no Setor Santa Luzia

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou, nesta quarta-feira (14/07), que a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe será prorrogada em Piranhas até que sejam aplicadas todas as 1.200 doses de vacinas que chegaram ao município na última segunda-feira (12/07). Por determinação do Ministério da Saúde (MS), a imunização foi estendida para a população em geral a partir de seis meses de idade, porém, isso não impede que os integrantes dos grupos prioritários que ainda não foram vacinados procurem uma unidade de saúde para serem imunizados.
 
Em Piranhas, a vacinação contra a gripe está acontecendo na unidade 1 do programa Estratégia Saúde da Família (ESF 1), localizada na Rua José Honório da Silva, no Setor Santa Luzia. O atendimento é das 7h30 às 10h e das 13h às 16h.
 
Para aqueles que tomaram vacina contra a Covid-19, é preciso haver um intervalo de 14 dias entre uma vacina e outra.
 
Em informativo nas redes sociais, a SMS explicou que a vacina contra a gripe na rede pública protege contra três tipos de Influenza: A (H1N1), A (H3N2) e B. “O imunizante é seguro e reduz as complicações que podem levar aos casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Devido a estas complicações, é preciso que o público-alvo compareça ao posto de saúde para receber as doses”, enfatizou, a pasta.
 
Até esta quinta-feira (15/07), em Piranhas, já haviam sido aplicadas 4.017 doses de vacinas contra a gripe em idosos, crianças, gestantes, puérperas, pessoas com comorbidades, professores, trabalhadores da Saúde, trabalhadores do setor de transportes em geral, membros ativos das Forças Armadas, membros das Forças de Segurança e Salvamento, caminhoneiros e a população em geral.

Veja os números da vacinação em Piranhas


 
“É importante destacar que a Influenza só está controlada porque as pessoas estão imunizadas. Se a imunização não ocorre, se as pessoas não comparecem para serem vacinadas, corremos o risco de termos outro surto de Influenza”, destacou, em publicação nas redes sociais, a secretária municipal de Saúde de Piranhas, Fernanda Lopes.
 
Com alguns sintomas parecidos, os médicos lembram que a gripe pode dificultar o diagnóstico da Covid-19 e pressionar ainda mais o sistema de saúde se a maior parte da população não se imunizar contra o H1N1 que o vírus causador da doença.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp