12/08/2021 às 10h54min - Atualizada em 12/08/2021 às 10h54min

Em Piranhas, quem escolher marca de vacina contra a Covid-19 vai para o fim da fila

Determinação consta de um decreto da Prefeitura Municipal que ainda traz a obrigatoriedade da assinatura de termo de recusa

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)
Um decreto assinado pelo prefeito Marco Rogério, o Chicão (Solidariedade), coloca no fim da fila da vacinação quem escolher a marca do imunizante contra o novo coronavírus, em Piranhas. Será necessário assinar um termo de recusa ou, caso a pessoa se negue, testemunhas poderão preencher o documento.
 
Conforme o documento publicado no site da Prefeitura de Piranhas, aqueles que comparecerem aos locais de vacinação contra o vírus causador da Covid-19 e optarem por não receber a aplicação do imunizante que estiver sendo ofertado, estarão condicionados, automaticamente, a aguardar o cumprimento de todo o calendário do Plano Nacional de Imunização (PNI) e a finalização de todos os grupos etários para que seu nome seja aceito em nova triagem.

Atualmente, Piranhas está vacinando a população em geral com 34 anos e mais. De acordo com dados consolidados pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), até a publicação desta reportagem, Piranhas já havia aplicado 9.343 doses de imunizantes contra o novo coronavírus. Destas, 6.111 são primeiras doses, o que representa 66,13% da população vacinável que inclui pessoas a partir de 15 anos.
 
3.232 pessoas já completaram o ciclo vacinal em Piranhas, com a aplicação de duas doses ou dose única, representando 34,97% dos vacináveis.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp