26/08/2021 às 11h44min - Atualizada em 26/08/2021 às 11h44min

Após chegada de lote atrasado de vacinas contra a Covid-19, Saúde de Piranhas chama cidadãos para a aplicação de segunda dose

Público alvo são aqueles vacinados no dia 7 de junho com a vacina AstraZeneca/Fiocruz e que tinham segunda dose agendada para a última quarta-feira (25). Atraso ocorreu devido às mudanças na forma da distribuição de vacinas por parte da SES-GO

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)
Em Piranhas, pessoas que estavam com a aplicação da segunda dose da vacina contra o novo coronavírus marcada para a última quarta-feira (25/08) e que não puderam ser vacinadas por falta de imunizantes, poderão se dirigir até a unidade 4 do programa Estratégia Saúde da Família (ESF 4), a partir das 13h desta sexta-feira (27/08), para serem imunizados.
 
O público alvo desta etapa de aplicação de segundas doses são aqueles vacinados no dia 7 de junho com um lote de 330 doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Piranhas, o atraso de dois das na vacinação ocorreu devido ao não envio dos imunizantes na data prevista.
 
Mudanças na distribuição de vacinas em Goiás
 
Recentemente, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) mudou a metodologia de distribuição de vacinas contra a Covid-19 para os municípios goianos. A mudança foi pactuada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB) no último dia 19 de agosto.
 
Até então, assim que as remessas chegavam em Goiás, era feita a conferência do quantitativo recebido e começava a distribuição imediata. Com a alteração, todas as doses que chegam no fim e no início da semana ficam guardadas e só são encaminhadas para as cidades uma vez por semana, nas quartas-feiras.
 
A intenção da SES-GO é permitir que os municípios menores, que recebem menos doses, possam organizar esquemas de vacinação mais robustos. Muitas cidades chegam a receber apenas um frasco multidose, com 10 doses, por remessa. Com o envio de carregamentos acumulados, eles terão a possibilidade de trabalhar a campanha de imunização com dias de vacinação mais robustos.
 
Entretanto, devido à necessidade de adequação por parte do Estado, do último final de semana até o envio das vacinas nesta quarta-feira, algumas cidades ficaram sem primeiras e segundas doses para serem aplicadas. É o caso de Piranhas, que já anunciou o início da proteção de pessoas com idade a partir de 22 anos.
 
Vacinação em Piranhas
 
Até a publicação desta reportagem, Piranhas já havia aplicado 10.706 doses de imunizantes contra o novo coronavírus. Destas, 6.897 são primeiras doses, o que representa 74,63% da população vacinável que inclui pessoas a partir de 15 anos.
 
3.809 pessoas já completaram o ciclo vacinal em Piranhas, com a aplicação de duas doses ou dose única, representando 41,22% dos vacináveis. Os dados são da SES-GO.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp