30/09/2021 às 10h03min - Atualizada em 30/09/2021 às 10h03min

Em Piranhas, homens chegam em bar atirando, matam adolescente de 17 anos e deixam outros 3 feridos

Um dos autores foi preso pela Polícia Militar e disse que a garota morta era o seu alvo por causa de uma dívida

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Thaynara Neves da Silva morreu após ser baleada (Foto: Reprodução/Rede Social)
A adolescente Thaynara Neves da Silva, de 17 anos, morreu e outras três pessoas ficaram feridas após dois homens entrarem atirando no Bar do Galego, localizado no Setor Santa Luzia, em Piranhas. A ação ocorreu por volta das 22h desta quarta-feira (29/09) e, segundo relatos de testemunhas, os criminosos chegaram em uma motocicleta, desceram e começaram a atirar nas pessoas que se encontravam no estabelecimento.
 
Thaynara Neves da Silva estava sentada na cadeira em volta de uma das mesas do bar, foi atingida por vários tiros e foi a óbito ainda no local do crime.
 
Outros que ficaram feridos foram Cheinayna Cristynne Pereira Silva, de 33 anos, Dennes Marques Martins, de 21 anos, e Leidiane Leite Da Silva, de 26 anos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, prestou os primeiros socorros e encaminhou as vítimas para o Hospital Municipal Cristo Redentor.
 
De acordo com informações da equipe médica que atendeu os baleados, o caso mais grave é o de Leidiane Leite Da Silva, que foi atingida por três tiros e precisou ser transferida imediatamente para uma unidade de saúde em Goiânia.
 
Dennes Marques Martins foi ferido em um de seus membros inferiores e, até a manhã desta quinta-feira (30/09), aguardava transferência para um hospital na capital do Estado. Cheinayna Cristynne Pereira Silva recebeu um tiro no pé e, após ser atendida e medicada, teve alta.
 


Autor preso

 
De posse de algumas características dos autores, o comando da Polícia Militar (PM) de Piranhas mobilizou equipes dos municípios vizinhos. Minutos depois, policiais visualizaram dois suspeitos em uma motocicleta Honda CG TITAN de cor azul, com placa de Aragarças, trafegando em alta velocidade na BR-158, próximo a Bom Jardim de Goiás. Mesmo com sinais de luzes e sons da viatura, o piloto tentou fugir saindo da rodovia, mas perdeu o controle do veículo que caiu.
 
O condutor da moto entrou na mata e conseguiu escapar e, até a publicação desta reportagem, ainda não havia sido localizado. Já Ariel Oliveira Mendes, de 25 anos, foi abordado e preso em flagrante.
 
Para a PM, Ariel disse que Thaynara Neves da Silva era seu alvo e que saiu do município de Aragarças para Piranhas para cobrar uma dívida da adolescente. No momento de sua prisão, o homem portava um revólver calibre 38 com 4 munições deflagradas e 2 intactas.
 
O delegado Igor Dalmy Moreira, titular da Delegacia de Polícia Civil de Piranhas, foi informado do fato e já iniciou a apuração dos fatos.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp