16/09/2014 às 06h50min - Atualizada em 16/09/2014 às 06h50min

Piranhas deve registrar temperatura de 40ºC nesta terça-feira

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
Calor e baixa umidade exigem cuidados (Foto: Ilustrativa)

A terça-feira (16/09) deve ser de muito calor na cidade de Piranhas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a temperatura deve chegar aos 40ºC e a umidade relativa do ar deve atingir à mínima de 20%.

O período da manhã deve ser de céu parcialmente nublado, com névoa seca e períodos de nublado. À tarde, há possibilidade de chuvas em áreas isoladas. A noite em Piranhas terá períodos de céu nublado, com possibilidade de chuva fraca.

Cuidados especiais com as crianças devem ser tomados durante o período de baixa umidade do ar e altas temperaturas

O tempo seco, característico dessa época do ano, atinge de forma mais agressiva às crianças, que requerem cuidados específicos.

Os problemas alérgicos respiratórios e as doenças de pele atingem os pequenos com mais freqüência.

A pediatra e coordenadora assistencial do Hospital Federal da Lagoa, Rio de Janeiro, Adriana Proença, explica que o oxigênio entra mais seco pelo nariz e irrita mais a mucosa, causando uma produção maior de secreção. Por causa dessa secreção em excesso é que as crianças sofrem com problemas como rinite, tosse e olhos irritados.

"O ar ele não entra só no nariz, né? O ar, ele chega até o pulmão, então, à medida que o ar vai passando, e ta muito seco, ele leva essa mesma resposta inflamatória pro pulmãozinho também da criança.

Então, a criança produz mais catarro, é uma criança mais secretiva, é uma criança que tem chance de fazer mais episódios de chiados, de broncoespasmo, faz um quadro maior de bronquite, de asma. Naquelas crianças que já têm uma predisposição maior, essa época do ano piora essa resposta."

A pediatra Adriana Proença, do Hospital Federal da Lagoa, Rio de Janeiro, dá dicas do que deve ser feito para aliviar o sofrimento das crianças durante período de seca.

"Primeiro beber bastante líquido. Beber mais líquido do que o habitual, isso é importantíssimo.

Manter o ambiente da casa o mais arejado possível, pra entrar ar dentro de casa, deixar tudo aberto; não varrer a casa, passar pano úmido no local, evitar tudo que possa aumentar a quantidade de poeirinha, que possa piorar essa secreção, essa resposta inflamatória da criança."

Ainda de acordo com a pediatra e coordenadora assistencial do Hospital Federal da Lagoa, no Rio de Janeiro, Adriana Proença, os pais também devem evitar a utilização de produtos químicos com cheiros fortes, para não irritar as vias aéreas e, também, a presença de animais dentro de casa, que pode aumentar os riscos de quadros alérgicos.

Devem, ainda, segundo a pediatra, limpar os estrados das camas com pano úmido e colocar o colchão das crianças para pegar sol, pelo menos uma vez por semana, para evitar a reprodução de ácaros no ambiente.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp