16/09/2014 às 10h55min - Atualizada em 16/09/2014 às 10h55min

Piranhas e os "Candidatos Paraquedistas"

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
(Foto: Ilustrativa)

Pra começar a conversa, temos que entender que ter um deputado, estadual ou federal, representando nosso município é de suma importância. Sem um parlamentar que nos represente, não tem emenda parlamentar, não tem articulação política, pra vir um asfalto novo, uma escola nova, um equipamento para o hospital. Além do mais, o poder político se enfraquece, a cidade perde em grandeza, em “status”.

Piranhas vive, hoje, uma situação onde não tem voz. Com isso o prefeito “corre e corre”, busca da li e daqui, mas acaba ficando com “respiração ofegante”, pois, a busca pelo tão sonhado desenvolvimento, fica como se fosse uma  maratona contra os mais talentosos quenianos corredores. Sem representatividade a cidade vira uma formiguinha quando quer a mesma coisa que outras.

Podem ser citados vários motivos para essa ausência de representatividade, mas vou me ater a um só. Algumas lideranças políticas, que deveriam usar de sua influencia para se aliar a quem queira ajudar de verdade o município, se vendem a preço de banana a “candidatos paraquedistas”, que o eleitor nunca viu nem no Facebook, tirando uma selfie na praia,  que aparecem aqui somente no período eleitoral, abrindo uns sorrisos e dando uns abraços, e já se considerando merecedores da confiança do povo. Mesmo tendo quem fuja dessa regra, a grande verdade é que, no momento de lutar por projetos, esses parlamentares batem na mesa, brigam, somente  pelas suas cidades e, o piranhense, fica “chupando o dedo”, com o pires na mão, mendigando, como se não fosse merecedor.

Existe quem discorde do que penso e respeito disso. Mas digo a esses, que a luta deles, deveria ser por candidatos comprometidos com a nossa cidade, que ainda precisa de muita coisa pra vida da maioria da população ficar, ao menos, tolerável. O bom sentimento do homem público deve ser pelo seu povo, e não por mais gado no pasto, por um carro novo na garagem, por uma casa maior, por duas casas maiores, por três casas maiores, por um emprego para o parente, por dinheiro pra a próxima campanha, por...

Dia 5 de outubro tem mais uma oportunidade para você fazer o certo ou o errado, de mostrar que estão errados em dizer que o brasileiro quer levar vantagem em tudo, de mostrar que o bem comum é que importa. Com a palavra, o povo piranhense. Que as nossas escolhas façam reservas de um bom futuro para todos nós.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp