13/12/2021 às 16h13min - Atualizada em 13/12/2021 às 16h13min

Em Piranhas, mulher e dois homens são presos por tráfico e associação para o tráfico de drogas

Com o trio, Polícia encontrou vários tipos de entorpecentes e quase R$ 4 mil em dinheiro. Grupo estava de posse de celulares, furadeiras e outros objetivos que podem ser produtos de crime

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Divulgação/GPT)
Uma mulher e dois homens foram presos na noite do último sábado (11/12), em Piranhas, acusados do crime de tráfico e associação para o tráfico de drogas. Os indivíduos foram surpreendidos pelo Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da Polícia Militar (PM) com porções de maconha, cocaína, crack e ecstasy, além de dinheiro e vários objetos que teriam sido trocados por entorpecentes.
 
Segundo informações do GPT, as prisões ocorreram após denúncias anônimas informando que havia uma residência localizada na Rua 4, no Setor Sudoeste, que estaria sendo utilizada para o tráfico de drogas. Diante dos relatos, uma equipe de militares se deslocou até o local e acabou flagrando Vanessa Maria Alves de Lima, de 38 anos, no momento em que ela entregava algo para um usuário de drogas conhecido das autoridades policiais.
 
Foi dada ordem de parada, porém o usuário empreendeu fuga, pulando muros de imóveis da região e não foi encontrado. Vanessa também tentou escapar entrando em sua casa, mas acabou capturada e, em sua posse, foi encontrado o pedaço de uma substância semelhante ao crack.
 
Outro preso foi Rosenildo Oliveira da Silva, de 55 anos, que, ao avistar os policiais, correu para os fundos da casa e descartou uma pedra de substância análoga ao crack que foi encontrada instantes depois.
 
Com todos os indícios levando à existência de um ponto de venda de drogas, o GPT decidiu realizar uma busca domiciliar, momento em que outro suspeito foi encontrado; Wemerson Silva, de 32 anos, que seria o dono da casa e marido de Vanessa Maria. Em sua posse estavam dois compridos supostamente de ecstasy e dois papelotes de uma substância esbranquiçada parecida com cocaína.
 
Por fim, no imóvel onde estavam os três suspeitos, também foram localizados outros 12 papelotes com substância branca análoga à cocaína, 1 pedaço grande de substância esverdeada análoga a maconha e 2 porções análogas ao crack. O GPT ainda apreendeu R$ 3.872,00 em dinheiro, 3 celulares, 2 furadeiras elétricas, 2 machadinhas e 1 espada que, supostamente, podem ter sido produtos de crime e usados em negociações por entorpecentes.
 
Após as prisões, Vanessa Maria Alves De Lima, Rosenildo Oliveira da Silva e Wemerson Silva foram ouvidos na Delegacia da Polícia Civil de Piranhas e autuados em flagrante pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp