21/10/2014 às 06h58min - Atualizada em 21/10/2014 às 06h58min

Jovem que furtou ônibus escolar e bateu em carreta na BR-158, além de causar três mortes, colocou em risco a vida de outros motoristas

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
Washington Maycon furtou um ônibus escolar, bateu em uma carreta e três morreram na BR-158 (Foto: Reprodução/Facebook)

Um acidente deixou três pessoas mortas na manhã desta segunda-feira (20/10), na BR-158, em Piranhas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Washington Maycon Valério de Jesus, de 19 anos, furtou um ônibus escolar vazio e, durante perseguição, praticou direção perigosa, colocando em risco a vida de outros motoristas, pois, a todo momento, ele alternava entre as pistas. A batida que tirou a vida de Washington Maycon e de Lucas Venâncio, 20 anos, e Daiton Magalhães, de 23 anos, acontece quando o ônibus escolar foi jogado para a pista contrária, batendo de frente com a carreta bitrem descarregada, dirigida por Dayton.

O ônibus foi furtado em Bom Jardim de Goiás, a 41 km de Piranhas. A Polícia Militar recebeu uma denúncia do crime e começou a seguir o veículo após localizá-lo na rodovia. Uma outra equipe ficou em um trecho da via para tentar interceptá-lo. "Nós chegamos a atirar quatro vezes nos pneus, mas não acertamos. A partir daí, também passamos a persegui-lo", afirmou o sargento Jadir Magalhães de Araújo, que atendeu a ocorrência.

De acordo com o militar, o condutor seguia fazendo zigue-zague na rodovia até que entrou na contramão e bateu na carreta. Os dois veículos ficaram completamente destruídos. Daiton Magalhães e Lucas Venâncio morreram na hora. Washington Maycon foi encontrado com vida, mas não conseguiu aguardar a chegada do socorro e também morreu no local.

A rodovia ficou interditada por cerca de 5h até a retirada dos veículos e dos corpos. Houve congestionamento no local.

Peão
Lucas Venâncio era um peão de rodeio famoso na região. Ele morava em Piranhas e havia ganhado um torneio na cidade recentemente. Ainda conforme a corporação, o jovem era amigo do motorista e havia pegado uma carona para ir até Barra do Garças, no Mato Grosso.

"Ele [peão] havia comprado uma moto em Barra do Garças e estava viajando de carona com o colega para buscá-la", revela o sargento Araujo.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp