03/02/2022 às 09h35min - Atualizada em 03/02/2022 às 09h35min

Cearense Osvaldo Pinheiro Dantas recebe o Título de Cidadão Goiano in memoriam

Popularmente conhecido como Pompílio, ele foi produtor rural, vice-prefeito e prefeito de Arenópolis por quatro mandatos. Titulo foi concedido através de lei proposta pela deputada estadual Lêda Borges

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Osvaldo Pinheiro Dantas faleceu em abril de 2021, vítima da covid-19 (Foto: Reprodução)
O governador Ronaldo Caiado (DEM) sancionou a Lei Estadual nº 21.206 que concede Título Honorífico de Cidadão Goiano in memoriam ao ex-prefeito de Arenópolis por quatro mandatos, Osvaldo Pinheiro Dantas, popularmente conhecido como Pompílio, que é natural do Estado do Ceará e acabou morrendo em abril do ano passado devido às complicações causadas pela covid-19.
 
A concessão do titulo foi proposto pela deputada estadual Lêda Borges (PSDB) e aprovado pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em 18 de novembro de 2021. Na justificativa de seu projeto, a parlamentar ressaltou que Pompílio sempre lutou para o desenvolvimento de Arenópolis, levando diversos benefícios à comunidade local.


Osvaldo Pinheiro Dantas nasceu em 22 de maio de 1944 no município de Jaguaribe (CE). Em 1970, casou-se com Francisca Dantas de Oliveira e, logo após o casamento, se mudou para o município de Iporá (GO), em busca de oportunidades de negócios.
 
Já em Goiás, Pompílio atuou como agricultor no cultivo de arroz, milho e algodão por cinco anos consecutivos. Em 1975, decidiu ir para a cidade de Piranhas (GO). Em 1982, o produtor rural ganhou destaque como um dos principais atores na luta pela emancipação do então Distrito do Areia, que se tornaria o município de Arenópolis.
 
A atuação do cearense fez com que ele ganhasse cada vez mais relevância no cenário político local, resultando em sua primeira eleição para um cargo Executivo como vice-prefeito de Arenópolis de 1983 até 1988, ao lado do então prefeito Antônio de Castro e Silva. Em 1988, Pompílio disputou as eleições municipais para prefeito, sendo eleito no mandato de 1989 a 1992. Em 1996, foi novamente eleito para o mandato de 1997 a 2000.
 
No ano de 2000, Pompílio se reelegeu por mais quatro anos (2001 a 2004) completando um pleito de oito anos seguidos. Nessa mesma época, ele foi pecuarista na região do Alto Xingu no município de São José do Xingu (MT), o que durou por três anos, desbravando novas fronteiras, mas tendo sempre como sede o território arenopolino.
 
Em 2012, Pompílio disputou novas eleições municipais em Arenópolis, tendo mais uma vitória e indo para o quarto e último mandato como prefeito entre 2013 e 2016.
 
Vítima de complicações da covid-19, Osvaldo Pinheiro Dantas ficou 48 dias internado no Hospital Órion, em Goiânia, onde deu entrada no dia 27 de fevereiro de 2021. Depois de muita luta pela vida, Pompílio morreu na manhã do dia 12 de abril de 2021.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp