15/02/2022 às 19h17min - Atualizada em 15/02/2022 às 19h17min

Após recorde, tendência muda e Piranhas registra queda de mais de 65% no número de casos ativos de covid-19

Em 11 dias, número de casos caiu de 558 para 190. Município tem duas pessoas internadas por causa da doença

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)
Após registrar o seu maior número de casos ativos de covid-19 no início deste mês, Piranhas passou a apresentar uma tendência de redução na ocorrência de infecções pelo novo coronavírus. De acordo com o novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta terça-feira (15/02), atualmente o município tem 190 pessoas se recuperando da doença, representando uma queda de 65,49% levando em consideração os dados divulgados em 4 de fevereiro.

Início de ano preocupante

Após as festividades de final de ano, Piranhas registrou constantes aumentos no número de casos ativos de covid-19 – que é quando o paciente ainda está se recuperando da doença e é um potencial transmissor do novo coronavírus. Em 4 de janeiro, eram 25 indivíduos em recuperação e, no mês seguinte, segundo boletim da SMS de 4 de fevereiro, já eram 558 – em um aumento de 2.132%.

O aumento de contaminações trouxe, como consequência, o registro de novos óbitos causados pela covid-19, o que não ocorria desde setembro de 2021. Somente nos primeiros dias deste ano, já foram 7 mortes, o que fez com que Piranhas chegasse à marca de 89 vítimas da pandemia.

Situação atual

De acordo com a Saúde de Piranhas, dos atuais 190 pacientes com covid-19, 188 estão se recuperando em suas respectivas residências sem a apresentação de quadros graves. Duas pessoas tiveram mais complicações e precisaram ser hospitalizadas.

Além dos casos positivos, a SMS investiga outros 31 suspeitos que aguardam resultados de exames. 78 pessoas são acompanhadas por estarem apresentando sindromes gripais.

Desde o início da pandemia, Piranhas já teve 2.667 casos confirmados de contágio pelo novo coronavírus, incluindo reinfecções. Em 2.388 ocorrências, os pacientes se recuperaram.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp