11/03/2022 às 19h37min - Atualizada em 11/03/2022 às 19h37min

Governo de Goiás entregará cartões do Mães de Goiás para 235 famílias do município de Piranhas; veja lista de contemplados

Programa social beneficia mães com filhos de até seis anos de idade e em situação de vulnerabilidade social com R$ 250 por mês

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Mães de outros municípios do Estado já receberam os cartões que podem usados na compra de mantimentos e remédios em estabelecimentos cadastrados (Foto: GPS)
O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds) e do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), entregará 235 cartões do Programa Mães de Goiás para beneficiários do município de Piranhas. A ação acontecerá durante evento marcado para o próximo dia 21 de março, às 14h, no Centro de Comercialização da Agricultura Famliar (Feira Coberta), Localizado no Setor Sudoeste.
 
O Mães de Goiás contempla mães com filhos de até seis anos de idade e em situação de vulnerabilidade social com R$ 250 por mês. O benefício é pago por transferência de renda direta e utiliza o Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) como base de dados para definir quem serão os beneficiados em cada município.
 
Em Piranhas, o programa tem o apoio operacional da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) que, através do Centro de Referência de Assistencia Social (Cras), está responsável por contatar os 235 beneficiários locais.
 
Clique aqui e veja a lista completa com os 235 contemplados pelo Mães de Goiás em Piranhas
 
Com período de vigência de 12 meses prorrogáveis por mais 24, o Mães de Goiás visa a garantir segurança alimentar, fomentar renda, oferecer qualidade de vida e assegurar a permanência das crianças nas escolas, além de movimentar a economia dos municípios goianos.
 
Para permanecer no programa, o beneficiário precisa cumprir alguns compromissos assumidos no ato de adesão. Para isso, as mães devem atualizar as informações no CadÚnico e manter a carteira de vacinação dos filhos em dia, de forma a atender os critérios do Ministério da Saúde. No caso de gestantes, é necessário realizar todo o acompanhamento médico relativo ao pré-natal e também aos primeiros seis meses de vida da criança.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp