01/06/2022 às 20h37min - Atualizada em 01/06/2022 às 20h37min

Piranhas recebe 1ª edição do projeto ‘Legislativo Municipal e Cidadania’

Iniciativa ocorreu através de uma parceria entre Alego e Câmara Municipal de Vereadores. Com estudantes como público alvo, foram realizadas palestras com temas ligados à atuação do Poder Legislativo

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Estudantes de escolas municipais e estaduais acompanharam palestras no auditório da Câmara de Vereadores de Piranhas (Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores de Piranhas)
A Câmara Municipal de Vereadores de Piranhas sediou a primeira edição do projeto ‘Legislativo Municipal e Cidadania’. Durante a ação, que é uma iniciativa da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), foram ministradas palestras durante os períodos da manhã e tarde desta quarta-feira (1º/06), com temas ligados à atuação do Poder Legislativo Municipal no contexto da administração pública nas três esferas de Poder.
 
O projeto, que deve ter novas edições em outros municípios goianos, é executado pela Escola do Legislativo da Alego. Em Piranhas, o professor Maurício Barbosa Paranaguá foi quem falou sobre a origem e importância do Poder Legislativo Municipal diante de um público de centenas de alunos das redes municipal e estadual de ensino, incluindo: as escolas municipais Sebastião José de Faria e Militarizada Gercina Teixeira; a Escola Estadual Costa e Silva; e os centros de ensino em período integral Joaquim Francisco de Sousa e Maria Eulália de Jesus Portilho.



De acordo com o professor da Escola do Legislativo, o projeto ‘Legislativo Municipal e Cidadania’ tem como propósito principal tratar sobre a atuação do parlamento dentro da realidade da sociedade, bem como destacar sua relevância para a consolidação da democracia representativa. “Queremos gerar uma maior aproximação entre o Legislativo e os cidadãos e, por consequência, contribuir para o pleno exercício da cidadania”, afirmou, Maurício.
 
Presente no evento, a secretária municipal de Educação de Piranhas, Solange Duarte, ressaltou a importância do projeto também para a maior inclusão das mulheres na política, na medida em que elas recebam mais estimulo para querer entender e participar de eleições para cargos públicos. Segundo a gestora, não é aceitável, por exemplo, que o Legislativo piranhense tenha nove vagas para vereadores e apenas uma delas seja ocupada por uma mulher, dado que, atualmente, mais da metade do eleitorado é feminino.
 
No mesmo sentido, a vereadora Adriely Cristina (UB) citou o que ela chama de “triste realidade”, onde as mulheres ainda não tem o espaço que merecem no parlamento e nos cargos executivos. Contudo, a legisladora acredita que isso pode ser mudado com mais estimulo à participação feminina nos pleitos, começando na idade escolar. “Apesar de sermos mais de cinquenta por cento da população brasileira, ainda somos poucas na política, infelizmente. Por isso, parabenizo pela criação deste projeto que pode ser mais um passo para mudar o que temos hoje, já que trará importantes informações também para as jovens meninas”, explanou.
 
A ex-vereadora e atual superintendente de Articulação Política da Prefeitura de Piranhas, Janete Ribeiro, parabenizou a parceria entre a Câmara de Vereadores local e a Alego e ainda disse acreditar que a ideia pode ser responsável pela formação de novas lideranças políticas. “No futuro, quem vai estar sentado nas cadeiras de vereador, de vice-prefeito, de prefeito (...) são os jovens de hoje que se prepararem, pois os Poderes precisam de pessoas sérias e comprometidas. Ações como esta contribuem para isso”, declarou.
 
Com a intenção de conhecer o projeto da Escola do Legislativo e levá-lo para o seu município, o vereador por Aragarças, Nego Leão, participou das apresentações e comentou que pretende conversar com os seus colegas parlamentares para dar andamento à implantação. “É importante que também possamos aumentar a consciência política dos nossos jovens aragarcences”, ponderou.
 
O vice-prefeito de Piranhas, Nilsimar Gomes (MDB), avaliou positivamente a criação do ‘Legislativo Municipal e Cidadania’ e pediu aos estudantes contemplados que aproveitem a oportunidade recebida. “Quero que estes jovens aproveitem para absorver o máximo de conhecimento que puderem, pois eles são o futuro do nosso país”, enfatizou.
 
Em entrevista à nossa reportagem, o chefe do Legislativo piranhense, vereador Claudimir Apolinário, o Coró do Rancho (UB), agradeceu ao presidente da Alego, deputado estadual Lissauer Vieira (PSD), pelo fato de Piranhas ter sido escolhida para sediar a primeira edição do projeto ‘Legislativo Municipal e Cidadania’.



“Hoje é um dia muito especial para o nosso município. O auditório da Câmara está, praticamente, lotado por crianças e adolescentes recebendo conhecimento para que, no futuro, caso queiram, possam ser vereadores, prefeitos, deputados e até mesmo presidente da república”, pontuou, Claudimir Apolinário.

A coordenadora regional de Educação, Itamar Silva Melo, também participou do evento.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp