27/10/2014 às 00h00min - Atualizada em 27/10/2014 às 00h00min

Saúde capacita profissionais sobre febre Chikungunya

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
Doença é transmitida pelo mesmo mosquito que transmite dengue (Foto: Reprodução)

A Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa) intensificou a capacitação de profissionais das regionais da saúde sobre a febre Chikungunya. Os técnicos vão orientar os profissionais que lidam diretamente com os pacientes, descrevendo sintomas e elucidando sobre a forma de se identificar casos suspeitos, como tratá-los e fazer a notificação ao Sistema de Vigilância Epidemiológica.

Originário da Ásia, o vírus CHIKV  também é transmitido pelo mosquito Aedes aegypt, o mesmo transmissor da dengue. Os sintomas são febre súbita e intensa, além de fortes dores nas articulações, o que faz o infectado chegar a se curvar diante de tantas dores. Na língua makonde, o nome da doença significa “aquele que se dobra”.

Históricos médicos apontam que a doença é capaz de deixar várias sequelas como artrose, insuficiência renal aguda, problemas cardíacos, neurológicos e dermatológicos. Em sua fase aguda a doença pode se tornar crônica. Segundo a Coordenadoria de Doenças Transmissíveis da Suvisa, a prevenção é essencial para conseguir manter Goiás imune da doença, que não tem cura, apenas tratamento.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp