05/12/2014 às 07h24min - Atualizada em 05/12/2014 às 07h24min

Operadoras iniciam novo plano de internet móvel

Do Diário da Manhã

Como já haviam anunciado no fim do mês de outubro, algumas operadoras de telefonia móvel começaram a aplicar a nova forma de cobrança dos pacotes de dados para internet. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) afirma que as prestadoras de serviço devem comunicar as mudanças aos usuários com uma antecedência mínima de 30 dias.

A nova medida das operadoras de telefonia móvel consiste no cancelamento do acesso à internet quando o limite de dados for atingido. Antes disto, as pessoas podiam continuar navegando, porém com a chamada "velocidade reduzida". Com a mudança, o usuário deverá pagar uma taxa adicional para contratar mais megabytes ou um novo pacote de dados.

Quando a nova forma de cobrança foi anunciada, a Anatel pediu para que as operadoras prestassem esclarecimento sobre a nova forma de cobrança do serviço. A agência ainda exigiu que os clientes sejam notificados com antecedência por meio de mensagem de texto ou eletrônica.

Orientações

O Procon Goiás publicou no site as orientações os consumidores sobre as mudanças nos pacotes de dados móveis. Conforme as orientações é importante que o usuário conheça bem o seu consumo diário de internet para saber que tipo de franquia é melhor contratar, deste modo, evitar gastos mais altos com pacotes ineficientes.

Antes de contratar qualquer pacote de internet o Procon alerta que o consumidor se atente ao contrato. É necessário que se verifique as limitações de velocidade, caso o limite seja excedido. As operadoras também devem se atentar ao Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações (RGC) e oferecer o mínimo de qualidade exigida.

Sobre a economia de dados, o Procon pede que os usuários economizem, evitando baixar vídeos, jogos e aplicativos. É imprescindível que o consumidor não fique conectado na rede móvel quando estiver conectado em alguma rede wi-fi e mantenha o GPS e a rede roaming desligados.

Operadoras

Em Goiás, a primeira operadora a adotar a mudança nos planos de dados foi a OI. A medida começou a valer no primeiro dia de dezembro. As próximas a aderirem à nova medida são a Claro e a Vivo que colocarão o novo plano em prática nos dias 28 e 30 deste mês, respectivamente.

A Tim só adotará a medida quando a franquia de oferta do seu novo plano chegar ao fim. A operadora possui o pacote Controle WhatsApp que permite que os usuários enviem mensagens, fotos e vídeos, além de ter acesso a 300 MG de dados. A prestadora também informou que mesmo quando o acesso à internet for bloqueado, os consumidores continuarão tendo acesso ao aplicativo de troca de mensagens.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp