07/01/2015 às 12h01min - Atualizada em 07/01/2015 às 12h01min

Acidente na BR 158 deixa um morto e veículos destruidos

Semana7
Motorista ainda tentou evitar a batida (Foto: Reprodução)

Por volta das 22h desta última terça-feira (6/01), foi registrado mais um acidente na BR 158, desta vez envolvendo dois caminhões, um Mercedes modelo 15-16, placa MUM 2675 (gaiola) de Santana do Araguaia (PA) e um bitrem, também Mercedes, Modelo LS 19-38 placa KER 9089 de Rondonópolis.

O acidente aconteceu no quilometro 77 da rodovia federal, mais precisamente a 23 km da sede do município de Vila Rica. Renato Guarês conduzia o caminhão gaiola sentido Santana do Araguaia (PA) a Vila Rica quando em uma curva acabou invadindo a pista contrária forçando o caminhão bitrem que seguia sentido ao estado do Pará, carregado com milho, a tentar realizar uma manobra arriscada.

O motorista do bitrem, segundo informações, tentou evitar a colisão frontal, porém o caminhão gaiola acabou se chocando em um dos vagões. O motorista do gaiola, com o impacto, teve seu corpo arremessado sobre a pista vindo a óbito no local, já o condutor do bitrem que viajava com sua esposa tiveram apenas lesões leve.

O caminhão gaiola ficou totalmente destruído, destroços do veículo foram localizados em meio ao milho que ficou espalhado na pista e descrevia uma cena que impressionou até mesmo os policiais Militares e Civis que atenderam a ocorrência, imagens fortes, de restos mortais do motorista que teve algumas partes do seu corpo decepadas com o impacto, se misturam em meio as peças dos veículos que se espalharam por aproximadamente 60 metros da rodovia.

Segundo familiares de Renato Guarês o mesmo tinha apenas um ano e meio que transportava bovinos na região, porem, para quem trabalha no mesmo seguimento que Renato acredita que pode ter sido um dos fatores para o acontecimento a inexperiência. A causa real do acidente só será divulgada após finalização dos trabalhos da Polícia Técnica, Polícia Civil (delegado Guthembergue de Lucena) e da Polícia Militar que atenderam o caso.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp