23/01/2015 às 10h44min - Atualizada em 23/01/2015 às 10h44min

Prefeitura de Bom Jardim de Goiás não realizará carnaval em 2015

Jotta Oliveira - Piranhas
Prefeito Cleudes Baré alega falta de recursos (Foto: Reprodução)

Na maioria das cidades do interior a população carece de opções de lazer. Daí a iniciativa das prefeituras em patrocinar ou apoiar eventos festivos. E dentre esses eventos o carnaval é um dos principais deles. Em algumas cidades de porte maior ele já se transformou em atração turística, reunindo visitantes de todo o Estado.

Mas para esse ano o carnaval tem um quesito a mais e que quebra o ritmo da festa em vários municípios: é a falta de recursos. Patrocinar a festa depende de altos gastos e as prefeituras não alegam não ter condições de arcar com esse ônus. Há não ser em raras exceções. Com isso, muitos municípios deixarão de promover a festa e em outros casos o carnaval vai acontecer, mas será mais simples, com a contratação de artistas menos famosos e com cachês mais baratos. A ordem é reduzir custos.

Conversando com vários prefeitos sobre os efeitos da crise na festa de momo eles alegam que o evento é muito importante, entretanto, existem outras prioridades consideradas mais urgentes como aplicação de recursos na saúde e na educação.

Um desses municípios é Bom Jardim de Goiás, cujo prefeito Cleudes Bernardes Baré, é presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM). Em todos os anos anteriores a prefeitura promoveu o carnaval, mas esse ano ele não vai acontecer.

“Lamentamos o fato, mas temos a certeza de que a população vai saber compreender. Não temos como retirar recursos de outros setores. Seria mais prejudicial”, argumenta Baré.

O município de Jaraguá sempre promoveu o carnaval, considerado tradicional. Mas para esse ano o prefeito Ival Danilo Avelar decidiu em não realizar a festa como contensão de gastos. "Para se fazer um carnaval de alto nível gastaríamos de 350 a 400 mil reais e o município não tem esse dinheiro e não conta com o apoio de patrocinadores. Temos outras prioridades mais urgentes. Portanto, vamos fazer apenas lembrar a data com uma bandinha local no coreto da cidade".

O prefeito pretende fazer um trabalho de informação e de esclarecimento junto a população através dos meios de comunicação do município, mas já ganhou um importante apoio. Essa semana ele recebeu um ofício do promotor de justiça Sebastião Everaldo no qual o Ministério Público parabeniza a prefeitura pela decisão.

Em anos anteriores os Governos do Estado e Federal ajudavam financeiramente os municípios nesse evento, o que não acontece nesse ano.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp