03/03/2015 às 00h00min - Atualizada em 03/03/2015 às 00h00min

Você sabia que tem pessoas com medo de sexo? Especialista explica as causas e como tratar

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
Dra. Maria Jamile é terapeuta sexual (Foto: AP)

O conceito de aversão é um sentimento que nos afasta de uma pessoa ou coisa, repugnância, antipatia e ódio. E isso também acontece com pessoas quando se fala em sexo.

A médica Maria Jamile Ribeiro Duarte Nogueira, que também é terapeuta sexual, explica qie a aversão, medo ou fobia ao sexo é uma disfunção sexual classificada como um dos transtornos do desejo sexual, que ocorre em homens e mulheres, sendo mais frequentes em mulheres.

A sexóloga explica que existem outras fobias femininas, como a insegurança em relação ao próprio corpo, não ser sensual o suficiente e não atingir o orgasmo.

Segundo Maria Jamila, a violência sexual, educação sexual repressora e conflitos conjugais,estão entre as principais causas das fobias.

“Este problema pode surgir em alguma fase da vida. ou acompanhar a pessoa durante toda a ela, aumentando a insegurança, abalando a auto estima, fazendo com o que a pessoa se descuide da aparência para não chamar a atenção do sexo oposto”, explica a médica.

A repulsa pode ocorrer não só pelo contato sexual, mas, também, pelo contato físico, o beijo, ou por qualquer contato mais íntimo, levando a pessoa a ter uma perturbação, causando sofrimento ou dificuldade interpessoal, podendo apresentar sintomas físicos como: taquicardia (aumento da frequência cardíaca), náuseas, falta de ar, sensação de desmaio, sintomas estes, ligados a ansiedade.

A médica lembra que o tratamento é o mesmo para qualquer disfunção sexual. “Controlar todo o problema, envolve a psicoterapia, terapia comportamental e medicamentos que podem ajudar a diminuir a ansiedade. É normal sentir medos e inseguranças sexuais, o segredo é não se deixar abater por eles. Geralmente os tratamentos tem resultados positivos, basta procurar um especialista para ser bem orientado”, finaliza.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp