27/03/2015 às 07h27min - Atualizada em 27/03/2015 às 07h27min

Celg admite erro e reduz para R$ 135 contas de luz que somavam R$ 18 mil

Segundo companhia, defeito em medidor causou a falha na casa de idoso. Aparelho com problemas já foi trocado, em Valparaíso de Goiás.

Com informações do G1 Goiás
Idoso que recebeu três contas de R$ 18 mil, vai pagar R$ 45 por cada (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

A Companhia Energética de Goiás (Celg) admitiu que houve uma falha no medidor de energia na casa do aposentado Marciliano Mendes, de 73 anos, e reduziu para R$ 135 o valor total de três contas de luz que ele recebeu nos últimos três meses e totalizavam quase R$ 18 mil.

Surpreso ao receber as contas com valores altos, o idoso, que mora sozinho em Valparaíso de Goiás, cidade goiana no Entorno do Distrito Federal, afirmou, ao fazer a denúncia, que morava sozinho e fazia de tudo para economizar energia. Ele contou que pagava cerca de R$ 50 por mês de luz.

Em nota, a companhia explicou que o medidor estava com defeito e já foi trocado. As antigas contas foram refaturadas e, com base do consumo médio do idoso nos últimos 12 meses, cada uma custará R$ 45.

A primeira fatura que o aposentado recebeu com valor alto foi em dezembro do ano passado, quando se cobrou R$ 8.482,55. Em janeiro, a fatura foi de R$ 5.757,43. O problema também ocorreu em fevereiro, pois cobraram R$ 3.656,98 pelo consumo de energia do idoso.

De acordo com o aposentado, ele não passou a exercer nenhuma atividade que justifique tal aumento da conta. Na casa de cinco cômodos, ele possui apenas televisão, geladeira e lâmpadas. “Eu tenho as televisões de 14 polegadas e eu só ligo para assistir ao jornal, somente. Não tem criança, não tem ninguém aqui, só eu”, afirma Marciliano.

Com aposentadoria de R$ 1,6 mil mensais, Marciliano afirmou ao receber as contas que não tinha condições de quitar o débito indevido, até porque, ele garante que não usou o serviço. “Eu não tenho condição de pagar e nem se tivesse eu não ia pagar porque eu não gastei, eu não devo”, diz o idoso.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp