15/04/2015 às 10h29min - Atualizada em 15/04/2015 às 10h29min

Marconi diz a prefeitos que Estado não fará novos investimentos este ano

Marconi pediu paciência a prefeitos, que se mostram descontentes com a falta de recursos.

De O Popular
Marconi discursa durante evento, que reuniu secretários e prefeitos goianos (Foto: Reprodução/O Popular)

Diante de queixas e insatisfação de prefeitos por conta de cortes nos investimentos e repasses para as prefeituras goianas, o governador Marconi Perillo (PSDB) fez ontem, em seminário que reuniu cerca de 100 prefeitos no Centro Cultural Oscar Niemeyer, um pedido de paciência. Diante de uma plateia arregimentada com apoio da Associação Goiana dos Municípios (AGM), o tucano falou que, apesar de não faltar vontade e de entender os pleitos como legítimos, a crise financeira e o ajuste fiscal devem impedir novos investimentos para este ano.

Em um discurso com tom ameno, Marconi argumentou que a secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão, tem trabalhado para garantir empréstimo de R$ 400 milhões com um banco para investir principalmente no programa Rodovida Urbano (pavimentação de ruas nas cidades). Ele frisou que não há previsão para isto acontecer e emendou que a prioridade do governo é garantir recursos para consolidar convênios já firmados com os prefeitos, deixando novos investimentos para um segundo momento.

“A prioridade, quando terminarmos esta operação de créditos, é dar continuidade aos convênios que, repito, já foram feitos. Depois disso nós vamos, quando tivermos novas perspectivas, celebrar novas pactuações com os prefeitos e prefeitas que são nossos parceiros na administração na administração”, afirmou Marconi.

A estratégia do governo, que tem recebido queixas frequentes por conta da falta de repasses de recursos, investimentos e até falta de atenção por parte de secretários estaduais (veja quadro), foi a de tentar reaproximar os prefeitos, que cobram mais atenção tendo em vista a melhoria das finanças das administrações municipais e as eleições de 2016.

Segundo Marconi, “não adianta nada” o governo estar bem e fazer investimentos sem que as prefeituras também estejam em uma boa situação. “Nos interessa realizar nosso plano de governo, mas nos interessa muito mesmo que vocês realizem e cumpram os seus. Vamos continuar com as portas abertas para todos.”

Mais adiante o tucano falou que recomenda a seus auxiliares uma atenção especial aos prefeitos, com a disponibilização de um assessor ou superintendente de forma exclusiva para atender demandas políticas.

“Quando um prefeito se desloca ele não faz isso à toa. Ele se desloca porque tem um problema na cidade. É uma questão de interesse público, da cidade, da população. Então, nossa disposição é para atender bem. Vocês merecem todo nosso carinho, nossa consideração”, disse o governador, que foi aplaudido em seguida.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp