24/04/2015 às 10h33min - Atualizada em 24/04/2015 às 10h33min

Colheita da Lavoura Comunitária deve começar na próxima semana em Piranhas

384 famílias deverão ser beneficiadas. Plantio aconteceu em mais de 100 hectares.

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
Plantio aconteceu em uma parceria entre Prefeitura e Governo de Goiás (Foto: DCPM)

Plantada em uma área de mais de 100 hectares, deve começar a ser colhida, na próxima semana, a safra da Lavoura Comunitária 2015, na cidade de Piranhas. O plantio de arroz aconteceu em uma parceria da Prefeitura de Piranhas, Câmara de Vereadores, Governo do Estado de Goiás - através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Associação dos Produtores Rurais da Bucaina, Associação dos Agricultores Familiares do Assentamento Fortaleza e Associação dos Agricultores Familiares do Assentamento Nascente São Domingos.

A safra deste ano, que deve ter colheita recorde, foi plantada em terras cedidas pelos proprietários rurais Urbano Pereira da Costa, Hernando Faria Duarte e Wagner Alves Vilela. 384 famílias foram inscritas no projeto e receberão partes da produção, de acordo com critérios definidos pela Prefeitura e as Associações envolvidas.

“Teremos uma colheita farta este ano. Quero dedicar o sucesso dessa lavoura de arroz ao nosso bondoso Deus, que concedeu uma terra fértil e chuva na hora certa, e ao trabalho das famílias cadastradas. Esse projeto só foi possível graças às parcerias que firmamos com os órgãos do Governo de Goiás, com as Associações e, principalmente, com cada uma das mais de 380 famílias que aderiram a essa ação solidária, que vai levar comida à mesa de quem mais precisa”, disse o prefeito André Ariza (PP) em uma publicação em uma rede social. Em entrevista, o prefeito de Piranhas também agradeceu o empenho, a dedicação e o compromisso dos servidores da extinta Secretaria Municipal de Agricultura, que iniciaram as ações, classificadas por ele como “exemplo”.

André Ariza fez uma vistoria na lavoura na última quarta-feira (22/04). Também fizeram parte da visita, os vereadores Fernando Lizardo (PR), João Barros (PP), Lindomar Ferreira (PSD), a secretária municipal de Educação de Piranhas, Karlla Christine Fonseca Silva, a diretora do Hospital Municipal e ex-secretária de agricultura, Edna Ferreira da Silva, o técnico agrícola Alcebíades Paro Júnior, o fiscal sanitário Carlos Barbosa Lima, o analista de licitações João Coelho Filho e a conselheira tutelar Abelardia .

O programa “Lavoura Comunitária” é realizado pelo governo de Goiás desde 1999 e fornece a pequenos produtores insumos e apoio técnico para o plantio da safra. Em contrapartida, parcela do que for colhido (4% do total) é repassada a entidades filantrópicas por meio da OVG.

Desde a criação do “Lavoura Comunitária”, mais de 500 mil famílias já foram beneficiadas em todo o estado. A medida possibilita a melhoria de renda e integra o modelo de políticas públicas adotadas pelo Governo de Goiás para promover a melhoria na qualidade de vida dos goianos.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp