25/08/2014 às 00h00min - Atualizada em 25/08/2014 às 00h00min

Depósito do 13º para aposentados começa a partir desta segunda-feira

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense

A partir de hoje será liberada a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas, de acordo com o calendário divulgado pelo Ministério da Previdência Social. Esta é a nona vez que o benefício é adiantado. A injeção de R$ 13,9 bilhões, feita pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), aquece a economia. Mas, de acordo com o educador financeiro e presidente da Dsop Educação Financeira, Reinaldo Domingos, é preciso que os beneficiados saibam a melhor forma de utilizar essa quantia.

"Dinheiro extra, no geral, não deve ser utilizado para quitar dívidas e nem fazer novas compras, mas sim ser poupado, destinando-o para a realização dos sonhos; afinal de contas, o correto é conseguir pagar as contas com o próprio orçamento e não depender de valores extras", explica Domingos. No entanto, ainda de acordo com o especialista, boa parte da população não é educada financeiramente. "Sendo assim, o melhor a fazer é ter ciência da situação financeira para saber como agir."

Domingos explica que é preciso fazer um diagnóstico financeiro, anotando todos os gastos ao longo de um mês, separando-os em categorias - alimentação, combustível, vestuário, etc. "Dessa forma, verá exatamente com o que está gastando cada centavo do dinheiro e onde está havendo excessos, para diminuí-los ou até cortá-los, se for o caso", adiciona. Para o educador, sabendo se é endividado, equilibrado ou investidor, é mais fácil descobrir o que fazer com o benefício.

"Se estiver endividado, o primeiro passo é saber exatamente o que se deve e para quem, dando prioridade às dívidas que possuem os maiores juros, como cheque especial e cartão de crédito, por exemplo." Mas, antes de usar o 13º salário para quitar as dívidas, o especialista recomenda conversar com o credor e tentar renegociar, em busca de descontos e/ou melhores condições de pagamento. "As taxas de juros não devem passar de 2,5% ao mês", frisa Domingos. Os que estão equilibrados, ainda de acordo com o educador, são aqueles que não possuem dívidas, mas também não conseguem poupar. "Parece que está controlado, mas, na verdade, a situação é preocupante, pois, em um primeiro imprevisto, o status poderá passar para endividado, da noite para o dia."

Assim, Domingos destaca que é de extrema importância que se tenha uma reserva financeira, para onde deve ser destinado ao menos uma parcela do 13º salário. "O mais importante para este público, contudo, é criar o hábito de poupar para se conquistar algo que realmente deseja, seja uma casa, um carro, uma viagem, um curso de especialização, dentre diversas outras coisas", acrescenta.

Já para os investidores, mesmo que ainda sejam iniciantes, a opção mais indicada por Domingos é utilizar o 13º para continuar investindo, tendo sempre um foco. Caso não haja um objetivo em vista, ele explica que os valores investidos podem ser alvos fáceis para exposições publicitárias, e podem ser gastos inconsequentemente, o que, por sua vez, pode causar descontrole das finanças. "O dinheiro extra na economia, sem dúvida nenhuma, é muito positivo, desde que utilizado de maneira consciente, com educação financeira", conclui.

Antecipação

O decreto presidencial que prevê o pagamento, na folha de agosto, da primeira parcela do 13º salário dos segurados e pensionistas da Previdência Social foi publicado no dia 5 de agosto. A primeira parcela, que corresponde a até 50% do valor do benefício, deve ser depositada entre o dia de hoje e 5 de setembro. Nessa parcela, não será descontado o Imposto de Renda. Isso só será feito entre o final de novembro e o início de dezembro, quando vai ser depositado o restante do abono.

De acordo com a Previdência Social, esta é a nona vez que a gratificação é antecipada. A primeira foi em 2006. O valor é calculado com base no total de meses que a pessoa recebeu o benefício previdenciário, a partir de janeiro deste ano. Ou seja, se ele começou a receber a aposentadoria no primeiro mês, o cálculo será feito sobre os 12 meses do ano, e o valor a ser depositado é correspondente a 50% desse total. Se ele começou a receber em março, o cálculo será sobre dez meses, e assim por diante. Já os segurados que estão em auxílio-doença receberão parcela menor que os 50%, devido ao caráter temporário do benefício. No caso, o INSS calcula a antecipação proporcional ao período

Não têm direito ao 13º salário os seguintes benefícios: amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família. Ao todo, mais de 27 milhões de beneficiários terão direito ao pagamento do abono, em todo o Brasil. (Com Agência Brasil)

"Dinheiro extra, no geral, não deve ser utilizado para quitar dívidas e nem fazer novas compras, mas sim ser poupado, destinando-o para a realização dos sonhos”

Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp