31/12/2021 às 15h53min - Atualizada em 31/12/2021 às 15h53min

Ano Novo na Visão de Uma Pessoa Simples

Texto do professor e escritor Bartolomeu Xavier de Sousa Filho

Da redação - em Piranhas
(Foto: Reprodução)
Tem cá prá mim qui o ano qui lá vem rompendo
Vai sê muito mió qui essi qui já tá indo tarde
Se Deus quizé num vamo tê mais a tar de covid
E dessa mardita duença ninguén vai tê sodade
 
Sodade a gente só vai tê dos famiar qui ela levô
Essa dô no coração pru resto da vida vai atanazá
Gradece a Deus de jueio os qui num deu essa peste
E tombém os qui pegô ficô rúin e cunsiguiu iscapá
 
Nóis ispera qui nesse ano qui lá vem rompendo
Seje diferente prus irmão qui vevi perrengado
Sem tê cumo dá o sustento qui pricisa pra famia
Causodequê tá entre o miões de disimpregado
 
Nóis pricisa de mais respeito cum o nosso suó
Causoqui nóis trabaia e nosso trabaio num tem valô
O travessadô fica cum o lucro e o governo cum imposto
As migaia qui sobra dão pra nóis cumo se fossi favô
 
Inxemplo  essi adjitoro que os governo diz qui tá dano
Se tivesse trabaio tarvez nóis nem caricia de pricisá
Pra mode se num fartá imprego pro pai de famia
Ele num vai ficá cum priguiça se tivé ondi trabaiá
 
Os dotô istudô vevi no bem bom de terno e ingravatado
Tá no pudê mais num cuida pra inducação se ispaiá
Nóis inté tentô mais num teve cumo aprendê lê e iscrevê
Nóis assina cum o dedo causodequê num pôde istudá
 
Nóis produis e passa pricisão aceitano as migaia
Quais num tem deferença do tempo da escravaiada
É muito trabaiando pra sustentá o luxo dus lá de cima
Eu gostava de vê a caneta si ixibi si num fossi a inxada
 
Nóis tem qui ficá de zóio cum tudo qui é tipo de cunversa
O ano que vem vino é ano dos cara aparecê cum finura
Abraço num tapinha nas costa dôto fingino qui é sinsero
Mais muito deis só qué campiá os voto e dispois picá a mula
 
Dispois de ganhá manga de nóis e só qué se dá bem
O suó qui nóis derrama no sor eis disfruta na sala fria
Nóis trabaia feito burro de cangaia prus cara ficá de boa
Nóis paga o salaro inda oxilia prá tudo qui é mordumia
Nóis num vai disanimá  causdequê o Minino Deus
Vai intreverá e pô nos trio essi trein disguvernado
Vai tocá no coração do inleitô prá num creditá im mintira
E butá prá dá no pé, os pulítico sonso e disvergonhado
 
Rezo prá no ano qui vem chuvê pra moiá as prantação
Pra inchê os rio prá inchê as lagoa os açude as represa
Prá tê fartura prá mandá pra fora e sobrá prus pobri daqui
Prá Jesuis ponhá Sua mão prá mode minuí a pobreza
 
Tenho fé cá prá mim qui nessi ano qui lá é vein
As coisa miori prus mais pobri e prus disfavuricido
Causodequê Jesuis vai lembrá os homi qui tá no pudê
Preies oiá pru sufrimento dos trabaiadô isquicido
 
Filiz Ano Novo, chei inté na tampa de filicidade pro cês!!!


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp