23/12/2014 às 07h10min - Atualizada em 23/12/2014 às 07h10min

Veículos de carga terão circulação restrita em rodovias de Goiás

Medida será aplicada neste final de ano em 11 trechos goianos; confira lista. Restrição não é válida para caminhões que transportam produtos perecíveis.

Do G1 Goiás
Veículos de carga tem horário restrito de circulação em Goiás (Foto: Paula Resende/G1)

Veículos de carga terão circulação restrita neste final de ano em 11 trechos de rodovias estaduais de Goiás. A medida estará em vigor das 7h às 20h entre os dias 25 e 28 de dezembro e, depois, entre 1º e 4 de janeiro do próximo ano.

De acordo com a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), estão proibidos de transitar nas rodovias veículos de carga superior a três eixos e os que exijam escolta, nos modelos: Bitrem 7 Eixos, Romeu e Julieta, Rodo-trem, Tri-Trem, Treminhão, Bitrem 9 Eixos, Cegonheira e Linha de Eixo.

A restrição não inclui caminhões carregados com produtos perecíveis, como leite, carne, frutas e verduras. Os motoristas flagrados desrespeitando a medida serão multados.

Durante o Natal e o Ano Novo o fluxo de veículos aumenta nas rodovias, principalmente nos trechos de acesso a pontos turísticos de Goiás. Por isso, segundo a Agetop, a restrição tem o objetivo de proporcionar mais segurança aos usuários.

Confira os trechos com restrição:
GO-020: Goiânia-Bela Vista-Pires do Rio
GO-217: BR-153-Piracanjuba-Caldas Novas
GO-139: Caldas Novas-Corumbaíba-Divisa Goiás/Minas Gerais
GO-139: Entroncamento GO-020-Cristianópolis-Entrocamento GO-217
GO-330: Pires do Rio-Catalão-Três Ranchos
GO-431: BR-153-Pirenópolis
GO-338: Entroncamento BR-060-Abadiânia-Planalmira-Pirenópolis
GO-225: Entroncamento BR-414-Corumbá-Pirenópolis
GO-070: Inhumas-Itaberaí-Cidade de Goiás
GO-010: Luziânia-Vianópolis
GO-139: Vianópolis-Entroncamento GO-217-Piracanjuba


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp