10/02/2015 às 17h42min - Atualizada em 10/02/2015 às 17h42min

Demora em expedição de mandado de prisão pela justiça pode levar a fuga de suspeito de latrocínio em Piranhas

Polícia já tem um suspeito. Justiça ainda não expediu mandado de prisão devido curso de juiz.

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
Idoso foi morto dentro da própria casa em Piranhas (Foto: Jotta Oliveira/Tribuna Piranhense)

A Polícia Civil de Piranhas já teria um suspeito do assassinato do pedreiro José Xavier do Rego, de 66 anos, ocorrido na última quinta-feira (5/02), mas a demora na assinatura do pedido de prisão preventiva, que deveria ser assinado pelo juiz Bruno Leopoldo Borges Fonseca, respondente automático pela comarca de Piranhas enquanto o juiz titular Wander Soares Fonseca está em férias, pode causar a fuga do possível assassino.

Saiba mais:

Assassinato de Idoso em Piranhas pode ter sido por causa de prêmio de menos de R$200

Polícia trabalha com hipótese de latrocínio após morte de idoso em Piranhas

A polícia de Piranhas, de acordo com informações obtidas com exclusividade pelo Tribuna Piranhense, já teria conseguido fortes indícios da autoria do crime e estaria agora dependendo de um mandado de prisão para poder capturar o suspeito. O pedido da prisão preventiva já foi feito e teve o parecer favorável do Ministério Público de Goiás, ficando na dependência somente do poder judiciário.

Nossa reportagem entrou em contato com a assessoria do juiz Bruno Leopoldo, que informou que o magistrado respondente pela comarca está em um curso na capital do estado, o que o impossibilita de assinar o documento.

João Xavier foi brutalmente assassinado dentro da casa onde morava, com pedradas e pauladas na cabeça, durante a madrugada do dia 5 de fevereiro. A polícia suspeita de latrocínio, pois o homem havia ganhado um prêmio de cerca R$150 em uma das loterias da Caixa Econômica Federal. Em uma das hipóteses levantadas pelos investigadores, o assassino teria pensado que o prêmio seria maior e entrou na casa durante a madrugada para roubar o valor e, na tentativa, agrediu e matou José.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp